Search
Close this search box.
rede de proteção para piscina

Informações sobre proteção para piscinas. Devo colocar Redes ou devo colocar capas na minha piscina?

Se a proteção foi feita com o objetivo de evitar sujeiras, como folhas, etc as capas podem ser uma boa opção e representar uma redução no custo da manutenção, economizando água por conta da escassez atual.
Para obter proteção contra acidentes com crianças por exemplo, não existem normas que comprovem a eficiência de uso de capas para piscinas, nem tão pouco de redes de proteção na posição horizontal sobre a piscina.

Lonas sobre piscinas podem ser atrativas para crianças e animais e isso se agrava quando há determinada falta de bom senso de quem comercializa e oferece este produto sem conhecer estes aspectos e ainda demonstram sua resistência, caminhando sobre a lona com a piscina cheia.

Enquanto a lona estiver nova apoiada sobre a densidade da água, ela oferecerá boa resistência. Isso leva ao consumidor, pela sua boa fé, a evidência de que o produto é resistente, o que não é mentira, porém, bastam alguns meses para que materiais de baixa qualidade se rompam abrindo pequenas frestas por onde uma criança poderá passar e dificilmente conseguirá sair.

Durante os estudos das normas técnicas para redes de proteção o assunto foi colocado em pauta. Houveram relatos diversos dentre estes um acidente fatal ocorrido, onde a capa contribuiu sobre maneira para o fato.
O costume de subir sobre a piscina e caminhar sobre a capa e talvez até pular em cima da capa, provocou uma tragédia. O rompimento da lona após determinado tempo submetido ao sol levou a criança a submergir e a mesma só foi encontrada, dias depois de muita procura, já que a princípio a capa sobre a piscina não permitia a ideia que lá estivesse o motivo do sumiço. A lona teria se partido no centro quando a criança brincava sobre a lona sumindo sem deixar rastro.

Redes de proteção para piscinas
O que se deve saber é que as redes de proteção tem uma elevada resistência e longa durabilidade por que são produzidas para evitar acidentes, porém foram normatizadas para serem aplicadas na posição vertical.

As redes de proteção foram e ainda continuam sendo muito utilizadas para finalidade de proteger que pessoas caiam dentro das piscinas, porém, faltam informações técnicas sobre essa finalidade, ou seja, não se tem conhecimento técnico de fato sobre a durabilidade e resistência, tanto das redes quanto das capas quando se trata de piscinas.

Por questões que são extremamente diferentes do uso de redes de proteção em Janelas ou em sacadas, pelo possivel contato com o sol, por quedas de granizo, etc.

O contato com o Cloro da piscina, a posição horizontal com maior incidência da ação do sol e o manuseio desses itens com frequência, resultarão em menor grau de resistência e de durabilidade ao qual não se tem conhecimento exato por não ter sido submetido a estudos nesse sentido, nem ensaiados em laboratórios.

As redes possuem maior resistência e para piscinas pode-se adotar critérios de se amplicar consideravelmente a resistência com maior segurança. As redes para uso em piscinas ou na posição horizontal, podem ser aplicadas em malhas menores do que as de janelas e sacadas, normalmente malhas com perímetro máximo de 200mm ou seja 5 X 5 cmm.
Se for usada a malha 30, malha de 3 X 3 cm isso supera muito a resistência das, redes de proteção de janelas e de sacadas, cuja resistência constante na NBR 16046-1 é de 550 Kg/f/M². Neste caso teremos uma rede de proteção cuja resistência estaria bem a cima dos 550kgf/m², por razões óbvias, já que teremos uma concentração média de 30% mais materiais aplicados por m².

Existem dois pontos não tão positivos para uso das redes de proteção para coberturas de piscinas:
Primeiro o fato de que quando aplicada sobre uma piscina na posição horizontal, a rede vai ceder em formato côncavo, mesmo quando muito esticada.
Dependendo do tamanho da piscina, a forma que tenha sido aplicada e o nível da água, uma criança ou um animal pode até ficar submerso mesmo sem romper a rede. Claro que dependendo do tamanho da criança, esta não se deixara afundar por que terá a rede sempre sob seu pés.

O segundo é que tendo malhas menores, mais resistentes e também um pouco mais caras, fazem de seu peso, difícil manuseio, ou seja, dependendo de quem vai efetuar a remoção e re-colocação, podem ficar guardadas mais tempo do que deveriam e proteger menos pelas dificuldades de manuseio.

Lonas ou capas para coberturas de piscinas?

Há riscos de acidentes porém há também uma questão conflitante: Entre ter dispositivos sem o real conhecimento da resistência e durabilidade e não aplicar nenhum dispositivo de segurança, o que se deve fazer? Esta decisão cabe a cada um que conviva com o risco. Muitos dos nossos clientes devidamente informados a respeito da realidade, fizeram uma escolha inteligente. Instalaram uma rede de proteção e sobre esta uma capa de proteção.

A empresa contratada para executar o serviço, deve usar o que existir de melhor em matéria prima, acessórios, etc e informar corretamente o cliente.

Infelizmente muitas empresas comercializam estes produtos sem saber muito sobre sua procedência sobre leis do consumidor ou resistência mínima, oferecendo como um item de fato para proteção, levando o consumidor a acreditar que está adquirindo um produto desenvolvido para aquele fim. Com isso o consumidor procura o melhor preço e nesta hora normalmente acaba comprando a pior qualidade, já que os valores e espessuras de lonas variam muito de fabricante para fabricante.

se você ainda tem duvidas entre em contato conosco que termos satisfação em te ajudar

Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Telegram

Outras postagens

Fique por dentro das novidades

Você não pode copiar o conteúdo desta página